• Thaise Hoff

Óleos essenciais, como usar de uma maneira simples?

Atualizado: Mai 13




Os óleos essenciais são ativos puros retirados de várias partes das plantas, desde as flores, casca, raízes, folhas, etc. É justamente por sua pureza e alta concentração de ativos que eles são vendidos em frascos pequeninos, variando entre 5ml a 15ml. O seu uso deve ser sempre de forma diluída, afinal são super concentrados e não há necessidade do uso direto na pele o que também evita reações alérgicas e intoxicações.

No que se diz respeito ao uso dos óleos essenciais, menos é sempre mais. Os óleos essenciais são a ferramenta usada na Aromaterapia, essa terapia que usa dos aromas dos óleos essenciais para tratar não só os sintomas, mas a causa deles, cuidando do físico, mas também da mente e das emoções. Cada óleos essencial possui uma constituição química muito particular que ao entrar em nossas vias respiratórias vai direto para uma parte do nosso cérebro chamada de sistema límbico, que é responsável pelas emoções e comportamentos sociais, além de regular o sono, armazenar memórias, etc O sistema límbico é dividido em 3 partes: 1. A amigdala, que está ligada as nossas sensações de prazer; 2. O hipocampo, onde armazenamos nossas memórias de longo prazo e por consequência nossos traumas; 3. O hipotálamo, parte que tem a função de regular nossa glândula pituitária e que por sua vez regula todas as outras glândulas do corpo e que estão diretamente ligadas às nossas emoções. Por isso, o uso dos óleos essenciais, apenas por inalação, é a forma mais usada dentro da Aromaterapia e surte efeitos realmente transformadores. A a inalação dos óleos essenciais pode ser feita de duas formas que são fáceis, seguras e muito úteis em nosso dia a dia:

1. Difusor pessoal: você carrega o aroma junto de você o dia todo e vai sentindo os efeitos vibracionais. Consiste de um pingente onde existe um local para colocar um pedaço de algodão com 1-2 gotas de óleo essencial.

2. Difusor ambiental: O ambiente fica aromatizado e todas as pessoas que estiverem naquele ambiente se beneficiarão dos efeitos daquele óleo essencial. Existe a versão plug de tomada e a elétrica. 5 gotas são suficientes para aromatizar um ambiente de até 20mts2 Agora que sabemos como usar os óleos essenciais, seguem algumas dicas de óleos essenciais para o nosso dia a dia:


LAVANDA: ótimo para a hora de dormir e para acalmar a ansiedade. É o óleo essencial do equilíbrio, equilibrando a razão e a emoção.Pode ser usado no quarto de bebês.

LIMÃO SICILIANO: o óleo essencial dos estudantes, ajuda a ter mais foco, dá energia e promove clareza na mente para a tomada de decisões. O óleo essencial do Home office.

CAPIM LIMÃO: o óleo essencial da família, cria sensações de calma, aceitação e conexão. O melhor óleo essencial para as transições na vida das crianças, pois promove acolhimento e tranquilidade na hora de enfrentar esses desafios. Usar em ambiente de convívio para maior união e entendimento entre os membros da família.


TEA TREE: promove limpeza profunda tanto física como energética de ambientes e de pessoas. Limpa pensamentos negativos e repetitivos e traz clareza mental, além de aumentar nossa imunidade. Deixar o óleo essencial de tea tree no ambiente vai estimular a limpeza e afetar positivamente o sistema imunológico daqueles ao redor.

LARANJA DOCE: para promover alegria, criatividade e entusiasmo e diminuir os sintomas da ansiedade e depressão. Pode ser usado num ambiente com crianças para incentivar a criatividade ou mesmo durante um encontro entre amigos para descontrair e promover a alegria Os óleos essenciais, estes bálsamos que a natureza nos deu, nos ajudam a limpar traumas, alteram positivamente nossas emoções e humor, trazem foco, clareza e nos acalmam. Auxiliam na produção dos hormônios da felicidade, melhoram a qualidade do nosso sono, enfim, proporcionam uma vida com muito mais qualidade, presença e alegria.




18 visualizações0 comentário